Uma comparação entre a doutrina Cristã e a doutrina Mórmon

"Pegue a Bíblia. Compare-a com a religião da Igreja dos Santos dos Últimos Dias e veja se ela passará no teste." (Brigham Young, 18 de maio de 1873, Journal of Discourses, vol. 16, p. 46)

A seguir, veremos uma comparação entre a doutrina Cristã e a doutrina Mórmon. Esta comparação deixará muito claro que o Mormonismo não está em concordância com a Bíblia. Na verdade, o Mormonismo simplesmente usou as mesmas palavras usadas pelo Cristianismo e deu a elas um novo significado. Mas tendo um entendimento adequado do que o Mormonismo ensina realmente, você poderá ver além destes significados e será capaz de enxergar as verdadeiras diferenças entre o Cristianismo e o Mormonismo.

A diferença é a diferença entre vida eterna e condenação.

Tópico

Cristão

Mórmon

DEUS Há somente um Deus (Isaías 43.11; 44.6, 8; 45.5). “E eles (os deuses) disseram: ‘Que haja luz: e foi feita luz...’" (Livro de Abraão 4:3)
Deus sempre foi Deus. (Salmo 90.2; Isaías 57.15). “Deus já foi como nós somos agora, é um homem exaltado, e está entronizado acima dos céus!!! (...) Imaginávamos que Deus era Deus desde a eternidade. Mas vou refutar essa ideia e retirar o véu para que você possa ver,” (Teachings of the Prophet Joseph Smith, p. 345).
Deus é um espírito sem carne e ossos. (João 4.24; Lucas 24.39) "O Pai tem um corpo de carne e ossos tão tangível como o do homem..." (Doutrinas e Convênios 130:22; compare com Alma 18:26-27; 22:9-10)
"Assim sabemos que ambos, o Pai e o Filho, são homens perfeitos em forma e estatura; cada um deles possui um corpo tangível... de carne e ossos." (James Talmage, Articles of Faith, p. 38)"
TRINDADE Trindade  é a doutrina de que existe somente um Deus em todo o universo e que Ele existe, simultaneamente, em três pessoas eternas. O Pai, o Filho e o Espírito Santo. A Trindade são três deuses distintos: O Pai, o Filho e o Espírito Santo. "O fato de que esses são três indivíduos diferentes, fisicamente distintos um do outro, é demonstrado pela aceitação dos registros das intervenções divinas com o homem.” (James Talmage, Articles of Faith, p. 35)
JESUS Jesus nasceu da virgem Maria. (Isaías 7.14; Mateus 1.23) “O nascimento do Salvador foi tão natural como o de nossos filhos; foi o resultado de uma ação natural. Ele compartilhou carne e sangue - foi gerado por seu Pai, assim como nós fomos gerados pelos nossos pais.” (Journal of Discourses, vol. 8, p. 115)
“Cristo foi gerado por um Pai imortal da mesma forma que homens mortais são gerados por pais mortais.” (Bruce McConkie, Mormon Doctrine, p. 547)
Jesus é o Filho eterno. Ele é a segunda pessoa da Trindade. Ele possui duas naturezas. Ele é Deus encarnado e homem (João 1.1, 14; Colossenses 2 e 9). É o criador de todas as coisas (Colossenses 1.15-17) Jesus é literalmente um espírito-irmão de Lúcifer, uma criação. (Gospel Through the Ages, p. 15)
O
ESPÍRITO
SANTO
O Espírito Santo é a terceira pessoa da Trindade. Ele não é uma força. Ele é uma pessoa. (Atos 5.3-4; 13.2) O Mormonismo faz distinção entre o Espírito Santo (o terceiro deus da trindade Mórmon) e Espírito de Deus (a presença de Deus como uma essência).
 "Ele [O Espírito de Santo] é um ser dotado de atributos e poderes divinos, não uma mera força ou essência." (James Talmage, Articles of Faith, p. 144)
SALVAÇÃO A Salvação é o perdão de pecados e o livramento da condenação eterna do pecador. É um presente gratuito que recebemos por causa da graça de Deus (Efésios 2.8; Romanos 6.23) e que não se pode fazer por merecer (Romanos 11.6). A salvação tem um duplo significado no Mormonismo: ressurreição universal e...
"O primeiro propósito [da redenção] é assegurar igualmente a toda humanidade, a isenção da punição pela queda, oferecendo, assim, um plano de salvação geral. O segundo propósito é abrir um caminho para a salvação individual, pela qual a humanidade pode ter a segurança da remissão dos pecados pessoais." (James Talmage, Articles of Faith, p. 78-79)
A salvação (o perdão dos pecados) não é por meio do esforço pessoal. (Efésios 2.8; Romanos 4.5; Gálatas 2.21) 'Porque estes pecados são o resultado de atos individuais, é justo que o perdão destes dependa da submissão individual às condições pré-estabelecidas - 'obedecer às leis e ordenanças do evangelho." (Articles of Faith, p. 79)
BÍBLIA É a Palavra inspirada e inerrante de Deus. (2 Timóteo 3.16). É autoridade em todos os assuntos que aborda. "Acreditamos que a Bíblia é a Palavra de Deus até onde sua tradução for correta..." (8th Article of Faith of the Mormon Church).

 

Esta é apenas uma amostra das inúmeras diferenças entre o Cristianismo e o Mormonismo. Como se vê, são doutrinas bem diferentes. Não é possível que Deus tenha sido criado e não criado ao mesmo tempo. Não é possível haver um Deus e muitos deuses ao mesmo tempo. A Trindade não pode ser um Deus em três pessoas e três deuses em um ofício denominado trindade, etc. Ambos os ensinos não podem ser, ao mesmo tempo, verdade.

Trata-se de algo muito importante, porque a fé só é válida se o objeto da fé também for. O Deus Mórmon é o deus verdadeiro? Ou é o Deus do Cristianismo histórico e bíblico?

O Mormonismo não é, visivelmente, uma representação bíblica do Cristianismo. O Mormonismo não é cristão, e os mórmons servem a um deus diferente do Deus dos cristãos - um deus que não existe.  Paulo fala sobre isso em Gálatas 4.8: "Antes, quando vocês não conheciam a Deus, eram escravos daqueles que, por natureza, não são deuses". Somente o Deus da Bíblia existe.  Não existem outros deuses.  O Mormonismo coloca a fé em um deus que não existe.

Este artigo também está disponível em: Espanhol

 

 

 

 
 
CARM ison
 
 
CARM.org
Copyright 2014

CONTACT US:
CARM Office number: 208-466-1301
Office hours: M-F; 9-5 pm; Mountain Time
Email: [email protected]
Mailing Address: CARM, PO BOX 1353, Nampa ID 83653