O Mormonismo é uma Religião Cristã?

Matt Slick – Tradução de Cíntia Allsup

 

“O Mormonismo é uma religião cristã?” Essa é uma pergunta muito importante. A resposta é igualmente importante e simples: não, o Mormonismo não é uma religião cristã.

Se você é mórmon, entenda que não estou tentando atacar você, seu caráter, ou a sinceridade de sua crença. Se você não é mórmon e está interessado nessa religião, ou se você é um cristão que está simplesmente pesquisando sobre o assunto, então este artigo pode ajudá-lo.

A razão pela qual o Mormonismo não é uma religião cristã é porque nega uma ou mais doutrinas essenciais do Cristianismo. Dentre essas doutrinas (há somente um Deus, Jesus é Deus encarnado, o perdão de pecados é somente pela graça, Jesus ressuscitou fisicamente dos mortos, o evangelho é a morte, sepultamento e ressurreição de Jesus), três são negadas pelo Mormonismo: a existência de um só Deus, a pessoa de Jesus Cristo e a suficiência de sua salvação.

O Mormonismo ensina que Deus, o Pai, tem um corpo de carne e ossos (Doutrinas e Convênios 130:22) e que Jesus é um ser criado, gerado no céu como um dos filhos espirituais de Deus (James Talmage, Jesus the Christ, pg.8). Isso está em total contradição com o ensino bíblico de que Jesus é Deus encarnado (Jo 1.1,14), eterno (Jo 1.1, 2, 15), não criado, ainda que nascido na Terra (Cl 1.15), e criador de todas as coisas (Jo 1.3; Cl 1.16-17). Jesus não pode ser criação e não-criação ao mesmo tempo. Embora o Mormonismo pregue que Jesus é Deus encarnado, ensina que Ele é apenas “um deus”. Um dos três deuses que formam a supremacia da Trindade (Articles of Faith, por Talmage, p.35-40). Os três deuses são o Pai, o Filho e o Espírito Santo. Esse ensino está em direta contradição com a doutrina bíblica de que há somente um Deus (Is 44.6,8; 45.5). Veja em Trindade outros artigos mais específicos sobre este tema.

Assim, o Mormonismo nega a verdade bíblica acerca de quem é Deus, Jesus, de como o perdão dos pecados é alcançado e sobre o que é o evangelho. O Mórmon, desta forma, não é cristão - apesar de declarar-se cristão.

O que Mormonismo ensina?

A teologia Mórmon ensina que Deus é apenas um entre inúmeros deuses; ensina que Ele era um homem que veio de outro planeta, que se tornou deus seguindo as leis e ordenanças do deus daquele mundo, e que trouxe uma de suas esposas para a Terra com quem gerou filhos espirituais que habitaram os corpos humanos no nascimento. O primeiro filho espiritual que nasceu foi Jesus. O segundo foi Satanás e, então, nós todos viemos a seguir. Contudo, a Bíblia diz que existe somente um Deus (Is 43.10; 44.6,8; 45.5) e que Deus é Deus desde a eternidade (Sl 90.2), o que significa que Ele nunca foi um homem que veio de outro planeta. Considerando que a Bíblia nega a existência de outros deuses (e deusas), essa idéia de que Jesus é produto de um casal de deuses é rejeitada. A Bíblia nos diz que esse Jesus - o Jesus do Mormonismo - definitivamente não é o mesmo Jesus da Bíblia. Assim, a fé colocada no Jesus Mórmon é uma fé enganosa, pois o Jesus dos mórmons não existe.

Além disso, o Mormonismo ensina que o sacrifício de Jesus na cruz (e o recebimento deste sacrifício pela fé) por si só, não é suficiente para conceder perdão dos pecados. O perdão dos pecados é obtido através do esforço cooperativo com Deus, isto é, nós devemos ser bons e seguir as leis e ordenanças da Igreja Mórmon para sermos perdoados. Considere James Talmage, uma figura mórmon muito importante, que disse: “O dogma sectário da justificação somente pela fé tem exercido uma influência maligna, (Articles, p. 432), e “portanto, é justa a doutrina bíblica de que a salvação venha através da obediência (Articles, p. 81). Essa declaração claramente contradiz a doutrina bíblica do perdão dos pecados pela graça através da fé (Rm 5.1; 6.23; Ef 2.8-9) e a doutrina de que as obras não têm parte em nossa salvação, sendo apenas o resultado dela (Rm 4.5; Tg 2.14-18).

Para confundir ainda mais, o Mormonismo declara que a salvação possui dois aspectos: ensinam que a salvação é ao mesmo tempo perdão dos pecados e ressurreição universal. Contudo, a Bíblia diz que salvação é perdão dos pecados, não simplesmente ressurreição universal. Enquanto o Mormonismo declara que o perdão dos pecados não é alcançado somente pela fé, a Bíblia ensina exatamente o oposto. Quem está correto? A Bíblia, obviamente.

O Mormonismo e a Bíblia

Com o intuito de justificar sua teologia aberrante, o Mormonismo desmoraliza a autoridade e a credibilidade da Bíblia. O oitavo artigo de fé da Igreja Mórmon declara: “Acreditamos que a Bíblia é a Palavra de Deus até onde sua tradução for correta.” Isso significa que onde a Bíblia entra em contradição com o Mormonismo, ela não é confiável.

Um fato interessante é que Joseph Smith supostamente corrigiu a Bíblia no que chamou de “A Versão Inspirada”, mas esta não é utilizada pelos membros da Igreja de SUD. Embora os mórmons declarem crer na Bíblia, na realidade, não crêem. Baseiam suas interpretações em pressuposições Mórmons em vez de deixar a Bíblia falar por si mesma. Por exemplo, onde a Bíblia diz que não há outros deuses no universo (Is 43.10; 44.6,8), interpretam como “não há outros deuses neste mundo” - não é isso que esses versículos dizem. Eles não acreditam na Bíblia e constantemente afirmam que a Bíblia não foi traduzida corretamente.

Conclusão

Por que o Mormonismo não é uma religião cristã? O mormonismo não é uma religião cristã porque nega que existe somente um Deus; nega o verdadeiro evangelho; nega que Jesus é o criador; adiciona obras à salvação; distorce os ensinos bíblicos sobre a redenção e desmoraliza a autoridade e confiabilidade da Bíblia.

CARM.org não nega que os mórmons sejam pessoas boas que adoram a “um deus”, que compartilham das mesmas palavras usadas pelos cristãos, que ajudam seu povo e que fazem muitas coisas boas. Mas não é isso o que torna alguém cristão. Jesus disse em Mateus 7.21-23: “Nem todo aquele que me diz: 'Senhor, Senhor', entrará no Reino dos céus, mas apenas aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos céus. Muitos me dirão naquele dia: 'Senhor, Senhor, não profetizamos em teu nome? Em teu nome não expulsamos demônios e não realizamos muitos milagres? Então eu lhes direi claramente: Nunca os conheci. Afastem-se de mim vocês, que praticam o mal!” Ser cristão não significa fazer parte de uma igreja, fazer boas obras ou simplesmente acreditar em Deus. Ser cristão significa que você confiou no verdadeiro Deus para sua salvação - no verdadeiro Jesus - não no irmão de Satanás, não no deus dos mórmons, não no evangelho Mormonismo. O Mormonismo é uma farsa que não pode salvar ninguém.

 

 

 

 
 
CARM ison
 
 
CARM.org
Copyright 2014

CONTACT US:
CARM Office number: 208-466-1301
Office hours: M-F; 9-5 pm; Mountain Time
Email: [email protected]
Mailing Address: CARM, PO BOX 1353, Nampa ID 83653