Perguntas e Objeções - Parte 4

  1. Por que existe o mal e o sofrimento no mundo?
    1. A questão implica em que se existe um Deus bom, então o mal não deveria existir, já que Deus, sendo todo-poderoso, poderia eliminá-lo.
      Nós precisamos responder duas questões. Primeiro, o que é o mal? É tudo que é contra Deus. Isto é, qualquer coisa moralmente ruim ou errada. O que é injurioso, depravado, mau. Alguns exemplos aceitáveis poderiam ser assassinato, estupro, roubo, mentira e engano. Segundo, se nós queremos que Deus aniquile o mal nós queremos que Ele aniquile todo o mal ou só uma parte dele? Em outras palavras, somente uma parte dele por quê? Se Ele fosse acabar apenas com uma parte do mal ainda permaneceria  questão "porque existe mal no mundo?"
      Suponha que alguém está a ponto de cometer um assassinato. Deus teria que pará-lo, talvez sussurrando aos seus ouvidos, ou se isso não funcionasse fazer algo um pouco mais drástico como fazer algo cair em cima dele, ou parar o coração dele, ou fazer as mãos dele de repente parassem de funcionar. De qualquer maneira, Deus teria de fazer alguma coisa.
      O que faria se alguém quisesse roubar? Deus teria de impedi-lo também, certo? Indubitavelmente, a imaginação de Deus criaria métodos mais práticos dos que eu estou sugrindo, mas o resultado seria o mesmo.
      E se alguém fosse mentir? Se alguém fosse dizer uma mentira, então para ser consistente você gostaria que Deus impedisse aquela pessoa de mentir? Depois de tudo, Ele não poderia deixar nenhum mal acontecer, poderia?
      Deixe-me ir um passo mais adiante. Suponha que alguém esteja planejando alguma coisa ruim. Então, certamente, Deus teria de ir um passo adiante e evitar que ele pensasse coisas erradas, certo? O resultado final é que Deus não poderia deixar ninguém sequer pensar livremente. Já que nem todos os pensamentos são pensamentos puros Deus estaria um tanto ocupado e nós não estaríamos habilitados a pensar. Assim mesmo, em que ponto a coisa deveria parar? No nível do assassinato, no nível da mentira ou do pensamento? Como a sua questão implica, se você quer que Deus acabe com o mal, então deveria ser consistente e desejar que Ele fizesse tudo em todo o tempo. Assim, não existiria trabalho.
      O mal está no mundo parcialmente porque nós demos lugar a ele, mas certamente porque Deus na Sua  soberania o permite e o mantém sob Seu controle.
      Então você pode perguntar: "Poderia Ele fazer-nos perfeitos e ainda assim sermos pecadores?" Ele já fez isso. Ele fez um anjo perfeito, Satanás, mas ele pecou. Ele fez um homem perfeito, Adão, mas ele pecou. Ele fez uma mulher perfeita, Eva, mas ela pecou. Deus sabe o que Ele está fazendo. Ele nos fez desta maneira com um propósito. Nós podemos não compreender perfeitamente este propósito, mas Ele tem.
    2. Deus é soberano; Ele tem o direito de fazer como Ele deseja. Ele tem o direito de permitir o mal a fim de realizar a Sua vontade. Como Ele poderia fazer isso? Simples, veja a cruz. Foi por meio do mal que os homens prenderam e crucificaram a Jesus. Ainda assim, Deus na Sua infinita sabedoria, tornou este mal em bem. Foi na cruz que Jesus levou os nossos pecados no Seu corpo (1 Pe 2:24) e é por causa da cruz que nós podemos ter o perdão dos pecados.
    3. Considere o exemplo bíblico de José, no Antigo Testamento. Ele foi vendido como escravo pelos seus irmãos. Embora eles quisessem fazer isto para mal, Deus tornou isso em bem (Ge 50:20). Deus é tão grande que nada acontece sem a Sua permissão, e nesta permissão Ele descortina o seu plano perfeito. No Seu plano Ele usa para o bem aquilo que foi intencionado como mal.Deus está no controle.
  2. O que faz de Jesus alguém tão especial?
    1. Porque Ele disse que era. Ele disse que era Deus. Em Jo 8:58, Jesus disse: "Em verdade, em verdade vos digo: antes que Abraão existisse, Eu sou". Quanto Ele disse "EU SOU", Ele estava citando uma passagem do Antigo Testamento: Ex 3:14. Que é onde Moisés estava falando com Deus e perguntando Seu nome. Deus respondeu dizendo: "EU SOU". Quando Jesus disse "EU SOU" Ele estava atribuindo o nome de Deus a si mesmo e, portanto, dizendo que era Deus. Outros grandes homens da história apontaram uma filosofia e ensinaram boas idéias. Somente Jesus apontou a si mesmo, dizendo-se Deus, e falando com autoridade que confirmou esta afirmação.
    2. O que Jesus fez. Jesus perdoou pecados (Lc 5:20). Ele ressuscitou da morte (Lc 24), ressuscitou outros da morte (Jo 11:43-44), e Ele andou sobre as águas (Jo 6:19). Ninguém mais na terra fez as coisas que Jesus fez. Não há como escapar disso. Jesus é especial, e sobre isso não há dúvidas.
  1. Por que Jesus teve de morrer para que eu possa ir para o céu?
    1. Porque o salário do pecado é a morte (Rm 6:23). Apesar de Jesus nunca ter pecado (1 Pe 2:22), Ele levou os nossos pecados no Seu corpo na cruz (1 Pe 2:24) e morreu. Ele morreu no nosso lugar. Em vez de DEus fazer com que nós pagássemos pelos nossos pecados Ele mesmo fez isso tronando-se um de nós.
    2. Duas coisas acontecem quando nós pecamos: uma a Deus e outra a nós mesmos. Quando nós pecamos Deus é ofendido. Por quê? Porque estamos quebrando a Sua lei. Também, quando nós pecamos nós morremos. Nós não morremos ali, naquele mesmo lugar, nós enfrentaremos uma morte que é mais severa. O Pecado nos mata (Rm 9:12) por nos separar eternamente de Deus (Is 59:2). Deus odeia o pecado (Hc 1:13) e o pecado deve ser punido. Desde que nós não conseguimos agradar a Deus porque somos todos pecadores, Ele fez uma oferta que o satisfez. Esta oferta foi o sacrifício de Jesus na cruz. Não existe outro caminho. Se existisse, Deus o teria utilizado.
  2. O que faz você pensar que a Bíblia é a Palavra de Deus?
    1. Profecia. O Antigo Testamento doi escrito antes de Jesus ter nascido. O Novo Testamento foi escrito por homens que conheceram Jesus, que andaram com Ele, comeram com Ele e aprenderam dEle. No Antigo Testamento existem profecias concernentes ao Seu nascimento (Mq 5:1-2), que Ele nasceria de uma virgem (Is 7:14), que Ele seria rejeitado pelo Seu próprio povo (Is 53:3), que ELe seria traído por um amigo chegado  (Is 41:9), que Ele morreria tendo as suas mãos e pés perfurados (Sl 22:16-18), e que Ele ressuscitaria da morte (Sl 16:10, 49:15). No Novo Testamento todas estas profecias, e muitas mais, foram plenamente cumpridas em Jesus. Agorta, esta é a questão que você deve responder: "Se a Bíblia não foi inspirada por Deus, então por que contém tantas profecias plenamente cumpridas?" Como isto seria possível se a Bíblia não viesse de  Deus?
    2. Somente Deus sabe o futuro, tem poder sobre ele e pode olhar para ele e dizer-nos exatamnte o que vai acontecer. Na Bíblia nós temos uma marca de Deus: profecias plenamente cumpridas.
    3. Sabedoria. A Bíblia está cheia de grandes verdades acerca do homem e Deus, pecado e salvação. O Sermão do Monte (Mt 5) é lindo em sua sabedoria, humildade e amor. O salmos são poesias incríveis de grande profundidade e beleza. As cartas do Novo Testamento são grandes descrições de amor, perdão, paciência, generosidade, etc. Mesmo que você não queira se tornar um cristão, estudar as verdades de Deus como reveladas na Bíblia será de grande ajuda para sua vida. -- O objetivo não é meramente levar a pessoa a usar a Bíblia com um guia de vida, mas encorajá-la a ler. Desta maneira ela estará lendo a Palavra de Deus e pode ser que chegue a se converter, porque a Palavra de Deus assegura que é isso que Ele quer (Is 55:11).
  3. O Novo Testamento foi escrito só para mostrar que Jesus cumpriu as profecias.
    1. Então você está dizendo que os escritores do N.T. mentiram a respeito de Jesus. Ele, na verdade, não ressuscitou da morte e todos aqueles milagres atribuídos a Ele são falsos. Certo?
      Eu posso entender o seu ponto de vista, mas existe um problema. Como você vê a questão dos escritores do N.T. ensinarem verdade, amor, honestidade, bondade, etc, tudo baseado em mentiras? Por que eles passariam sofrimentos como açoites, fome, naufrágio, encarceramentos, e finalmente execução para nada mais que mentiras? O que você está dizendo não faz sentido e levanta mais questões que respostas.
      A única explicação lógica é que as profecias se cumpriram realmente e que Jesus ressucitou da morte. Ele realizou milagres e perdoou pecados. Se Ele perdoou pecados naquela época e pode fazê-lo agora. Meus pecados foram perdoados e os seus?
  1. A Bíblia é cheia de contradições.
    1. Realmente. Você conhece alguma? Poderia me citar uma ou duas?
    2. No caso de alguém citar algo que ele acredite ser uma contradição, você deve estar apto a dar-lhe uma resposta competente (1 Pe 3:15). Se você não puder, não se preocupe. Simplesmente diga-lhe que pesquisará o assunto e que voltará para esclarecer-lhe. E tenha certeza de fazê-lo.
    3. Existem áreas da Escritura que são de difícil entendimento. Isto não torna a Bíblia não confiável. Você pode procurar um livro que o ajude a esclarecer os pontos difíceis da Bíblia.
  2. Como eu sei qual a religião correta?
    1. (Esta é uma pergunta difícil de responder porque envolve alguns princípios que a pessoa para quem você está testemunhando pode ou não concordar. Por exemplo, ele ou ela concordam com você que é possível conhecer a verdade, que Deus tentaria se comunicar com as pessoas, ou que só uma religião pode ser certa? Normalmente, eu começo reconhecendo a dificuldade de se encontar uma resposta fácil. Porém, eu lhes falo que eu tenho uma resposta; e que eu tenho certeza que está certa porque é uma resposta baseada em evidência.. Que tipo de evidência? Profecia e seu completo cumprimento (veja a questão #35), Jesus e Seus milagres, a ressurreição de Cristo, etc. Então eu pergunto à pessoa se ela tem conhecimento destas coisas terem acontecido em outras religiões.(1) A resposta é invariável: "Não." Então eu menciono que estas coisas só aconteceram no cristianimo. Se alguma religião é verdadeira, o cristianismo preenche os requisitos.
  3. Religião é aquilo que você sente que é certo.
    1. Como você sabe que o que você sente é certo? Não têm os seus sentimentos possibilidade de estarem errados? Está dizendo que o que você sente determina a verdade? Se for, então você está se colocando no lugar de Deus e vendo tudo o que sente como certo.
    2. Se religião é aquilo que você sente ser certo então isto nos levará para o caos. O que acontece se algumas pessoas tiverem uma religião onde eles sentem que roubar é aceitáve? E sobre mentir e enganar? Você confiaria em alguém que acredita em uma religião que sente que é certo roubar, mentir e fraudar?
    3. Hitler sentia que matar judeus era certo. Ele estava errado. A Bíblia diz que o nosso coração é enganoso e desesperadamente corrupto (Jr 17:9). Se você pudesse chegar à verdade por aquilo que você sente, então a Bíblia, que é a revelação de Deus, não precisaria ser escrita. Mas, ela foi escrita e revela que DEus é a única fonte da verdade, e não os nossos sentimentos.
    4. Eu nunca tive conhecimento de uma verdade que se contradiz. O que acontece se alguém pensa que uma coisa está certa e outra pensa que está errada? Ambas estariam certas? Se esta afirmação é verdadeira, então como pode existir uma contradição como esta se os sentimentos determinam o que é a verdade?
  1. Todas as religiões são caminhos diferentes para o mesmo lugar.
    1. Se todas as religiões são diferentes caminhos para o mesmo lugar, então porque alguns caminhos contradizem outros? Pode a verdade contradizer a si mesma? Deixe-me mostrar rapidamente o ensino de três religiões:
      O Budismo é panteísta e diz que não existe um Deus pessoal e cada um pode alcançar a divindade por seus próprios meios. O Islamismo diz que Jesus foi só um profeta e não o único caminho para Deus. O Cristianismo diz que existe um Deus pessoal e que o único caminho que existe para Ele é Jesus Cristo (Jo 14:6). Se estas três religiões, como você disse,  são diferentes caminhos para o mesmo lugar, então por que elas contradizem uma a outra? Pode a verdade contradizer a si mesma?
  2. E quanto aos dinossauros e a evolução?
    1. Veja a seção Evolução.
    2. Também, você pode ler o livro:  Evolução: Os Fósseis Dizem Não! de Duane T. Gish.
    3. Ainda que a evolução fosse verdadeira (não é -- mas só estou usadno o argumento), isto significaria que  Deus não existe? Como vocÊ sabe que Deus não a teria usado para nos trazer até aqui? (Eu não estou ensinando que a evolução é verdadeira, ou que Deus a tenha usado, que é chamada evolução teística, eu estou simplesmente argumentando sobre ela.) Se você acreditar na evolução isso faz com que você deixe de ser um pecador? Deus não aceitará a desculpa de que você acreditava na evolução e não nEle.
    4. Você examinou a teoria da evolução para ver se ela é realmente verdadeira? Evolução não é tudo o que existe para se acreditar. Existe toda uma série de problemas não resolvidos nos registros fósseis. Novas teorias vêm a tona vez após vez porque não foram encontradas formas intermediárias inquestionáveis entre às várias espécies de qualquer tipo, em qualquer tempo ou lugar em nenhum dos registros fósseis. Mas você não precisa saber destas coisas porque você não tem estudado a respeito. Você precisa saber dos fatos a respeito da evolução e também dos fatos a respeito de Jesus.

1. Nota: Seja cuidadoso. Só porque alguns não sabem se existem ocorrências similares em outras religiões não significa que elas não existam. Você deveria mencionar isso, nenhuma religião no mundo fez as afirmações que o cristianismo fez e permaneceu viva até hoje.

 

 

 

 
 
CARM ison