Você Segue o Verdadeiro Jesus?

Existe uma maneira simples para saber se alguém tem o verdadeiro Jesus ou não. Por verdadeiro Jesus, eu quero dizer aquele da Bíblia, não aquele um do Mormonismo que é irmão do diabo, nem o Jesus das Testemunhas de Jeová que é o arcanjo Miguel, e, certamente, nem aquele da Nova Era que é simplesmente um homem dotado de uma consciência divina.

Nós podemos orar e conversar com o Jesus da Bíblia (At 7:55-60; e Zc 13:9 com 1 Co 1:1-2). O Jesus da Bíblia é adorado (Mt 2:2,11;Mt 14:33;Mt 28:9; Jo 9:35-38; Hb 1:6). O Jesus da Bíblia é chamado de Deus (Jo 20:28; Hb 1:8).

Na teologia das seitas, Jesus é uma criação de uma forma ou de outra (é por isso que as Testemunhas de Jeová adicionaram a palavra 'outro' quatro vezes em Cl 1:16-17). Além disso, não se ora a Ele, não o adoram e não o chamam de Deus.

Se você é um cristão então tem o privilégio de poder orar a Jesus, e não somente por intermédio dele. Você pode adorá-lo juntamente com o Pai. E você pode chamá-lo de seu Senhor e Deus. Um membro de uma seita não pode fazer isso. Um membro de uma seita tem um falso Jesus, e portanto, uma falsa esperança de salvação.

O texto a seguir é uma expansão dos pontos acima.

Se você coloca a sua fé em um Jesus que não é o verdadeiro, então a sua fé é inútil. O poder da fé não reside no ato da crença, mas no seu objeto; uma grande fé em alguma coisa falsa é o mesmo que fé em nada. Sinceridade e falsos messias não constroem pontes sobre o abismo de pecados entre Deus e o homem; somente o Jesus da Bíblia faz isto. Quem, então, é o verdadeiro Jesus?

Jesus disse que ele era o único que revelava o Pai (Mt 11:27 e Lc 10:22): "Todas as coisas me foram entregues por meu Pai. Ninguém sabe que é o Filho, a não ser o Pai; e ninguém sabe que é o Pai, a não ser o Filho e aqueles a quem o filho o quiser revelar." (NVI).

Então, para conhecer o verdadeiro Pai você deve primeiro conhecer o verdadeiro Jesus. A questão é: como você faz para  reconhecer o verdadeiro Jesus? Simples, olhe na Bíblia.

Se você disser: "Pai, recebe o meu espírito," a quem você está orando? Ao Pai, certo?
Se você disser: "Jesus, recebe o meu espírito," a quem você está orando? Jesus.
Em At 7:59, Estevão, enquanto cheio do Espírito Santo (v. 55), orou a Jesus:

Enquanto apedrejavam Estevão, este orava: "Senhor Jesus, recebe o meu espírito." (Veja também At 9:14; Rm 10:13.)

Estevão orou a Jesus, e não somente por meio dEle. Se isto era aceitável para ele então deveria ser aceitável para você também. Podemos orar ao Jesus da Bíblia. Eu oro a Jesus. Você ora? Se sim, muito bom. Se não, por quê?

Mas, você pode dizer, "Jesus disse para orarmos ao Pai." Eu sei. Mas eu também oro a Jesus como Estevão fez. Se é para a igreja orar somente ao Pai então porque Estevão, debaixo da inspiração do Espírito Santo. dirigiu a sua oração a Jesus? Ele estava errado? Veja também 1 Co 1:1-2 com Zc 13:9 onde invocar o nome do Senhor é oração e a oração é dirigida a Jesus pela igreja de Coríntios.

Jesus também era adorado. Os versículos são:
E os que estavam no barco o adoraram, dizendo: Verdadeiramente é Filho de Deus! (Mt 14:33).
E eis que Jesus veio ao encontro delas e disse: Salve! E elas, aproximando-se, abraçaram-lhe os pés e o adoraram (Mt 28:9).
Veja também Mt 2:2,11; Jo 9:35-39; Hb 1:6.

Ao Jesus da Bíblia se ora e adora. Você faz o que os discípulos de Jesus faziam? Você ora e adora ao verdadeiro Jesus?
Desde que é contrário às teologias dos Mórmos e Testemunhas de Jeová orar a Jesus, mas somente através dele, se você adorar a Jesus, como poderá fazer isso sem orar a Ele? E você honra o Filho da mesma maneira que honra o Pai como Jesus disse em Jo 5:23? Se você não faz, por quê?

Só mais uma questão a analisar. Você chama a Jesus de seu Senhor e Deus?
Depois da ressurreição de Jesus, Ele apresentou-se a muitas pessoas. Uma delas foi Tomé. Jo 20:28:

Respondeu-lhe Tomé: Senhor meu e Deus meu.

Deus chamou Jesus de Deus em Hb 1:8:

mas acerca do Filho: "O teu trono, ó Deus, é para todo o sempre ..."

Infelizmente, na Bíblia das Testemunhas de Jeová em   Hb 1:8 você verá que ela diz: "Deus está no seu trono, para sempre." Isto, tecnicamente, falando, é uma tradução válida. A razão disso está baseada na natureza da língua grega e no fato que as formas das palavras "Deus" e "trono" terminam em uma construção substantiva que é intercambiável, tornando a tradução das TJ válida ... se não fosse por uma detalhe: Hb 1:8 é uma citação do Sl 45:6 que diz, "O teu trono, ó Deus, é para todo o sempre." Em Hebreus, o precedente é a única maneira pela qual a tradução poderia ser correta e não há meios de fazer isso no Sl 45:6 na tradução das TJ. A tradução está simplesmente ERRADA! Isto foi  astuciosamente mal traduzido para dar validade à teologia das Testemunhas de Jeová. Não existe nenhuma variante nem outros manuscritos que contenham algo diferente. O fato é que o Salmo 45:6 só pode ser traduzido como: "O teu trono, ó Deus, é para todo o sempre." Sendo assim, a tradução correta de Hb 1:8 deve ser idêntica; mas não o é na versão da Torre de Vigia. Isto é uma grande injustiça para com a Palavra de Deus e prova a sua desonestidade.

Conclusão:
Podemos orar ao Jesus da Bíblia (At 7:59; 1 Co 1:1-2 com Zc 13:9 / Sl 116:4; Jo 14:14), pode ser adorado (Mt 2:2,11; Mt 14:33; Mt 28:9; Jo 9:35-38; Hb 1:6), e ser chamado de Senhor Deus (Jo 20:28; Hb 1:8). Se eu tenho o Jesus errado e, portanto, sirvo ao Deus errado, por que eu oraria a Jesus, o adoraria ou o chamaria de Deus e Senhor, como as Escrituras ensinam? Mas, se você tem o verdadeiro Jesus, por que você não faz estas coisas?

Por que a teologia das Testemunhas de Jeová não concorda com as Escrituras?
Eu penso que a resposta é simples. O Jesus das seitas não é o verdadeiro Jesus. Portanto, eles estão errados.

 

Este artigo também está disponível em: English

 

 

 

 
 
CARM ison