Porque é necessário escrever sobre Catolicismo Romano?

vaticanpor Matt Slick

É necessário escrever sobre Catolicismo romano porque existem diferenças significativas entre as doutrinas católicas e protestantes. Protestantes acusam os católicos de irem contra as escrituras, e os católicos dizem que os protestantes não têm a fé verdadeira, que vêm sendo levada por séculos pela Igreja Católica. Independente de qual lado é o seu, a verdadeira questão é se a Igreja Católica representa o verdadeiro Cristianismo.

Se você é um Católico Romano, por favor entenda que esse site não foi feito para te ofender de forma alguma. Esse site tem como objetivo examinar a verdade, toda e qualquer verdade, e compará-la à Bíblia. Não interessa quem, ou qual grupo proclama saber a verdade, nós sabemos que a Bíblia é a Palavra de Deus, e que nenhuma verdade vinda de Deus irá contradizê-la. Eu te suplico que examine o conteúdo desse site, e veja se o que está sendo ensinado aqui é verdade. Se você o fizer, você estará fazendo exatamente o que a Bíblia manda: examinar todas as coisas (2 Ts 5:21; 1 Pe 3:15; 2 Tm 2:15; Atos 17:11, Jd 3). Uma vez que a Igreja Católica considera que a Bíblia é a palavra de Deus, estou colocando a doutrina católica à prova, com base na Bíblia.

Se você é um protestante, você provavelmente se sentirá confortável visitando essas páginas, já que elas vão, principalmente, confrontar ensinamentos da Igreja Católica Romana. É evidente que a Igreja Romana adicionou muito à doutrina cristã que não está revelado na escrituras. Isso é uma questão que precisa ser tratada. É vital.

A Igreja Protestante cita a Bíblia sozinha como fonte de conhecimento doutrinário. A Igreja Católica, por outro lado, cita a Bíblia e a Tradição. Por favor, considere o texto a seguir:

"...a Igreja, a quem está confiada a transmissão e interpretação da Revelação,não tira só da Sagrada Escritura a sua certeza a respeito de todas as coisas reveladas. Por isso, ambas (A Sagrada Escritura e a Sagrada Tradição) devem ser recebidas e veneradas com igual espírito de piedade e reverência."1

Aparentemente, a Tradição é a fonte das doutrinas que claramente não são ensinadas na Bíblia, embora a Igreja Católica ainda diga que essas doutrinas estão implícitas no texto, e elucidadas através da Tradição Apostólica. Algumas delas são: A Missa, Penitência, Adoração de Maria, Purgatório, o Clero, a Confissão (sacramento), o Rosário, pecados Mortais e Veniais, e estátuas dentro da Igreja. A questão é se esses ensinamentos da Igreja Católica Romana têm credibilidade ou não. Eles representam realmente o Cristianismo? Eles podem ser fundamentados na Bíblia? Eles contradizem a Bíblia?

Esse site tenta examinar as doutrinas de Roma e compará-las à Bíblia, para ver se elas são fiéis ou contraditórias à Palavra de Deus. Nós sabemos que toda a verdade na Igreja Cristã de Deus vem Dele, através do Espírito Santo. A verdade não será, portanto, contraditória. Vamos ver o que a palavra escrita de Deus diz, e comparar com a Palavra Não Escrita, que é a Tradição da Igreja Católica Romana.

  • 1. Catecismo da Igreja Católica, parágrafo 82.

 

 

 

 
 
CARM ison