Se Jesus era Deus, então porque Ele não sabia a hora do Seu retorno?

Em Mateus 24:35-37, Jesus disse: "Passará o céu e a terra, mas as minhas palavras jamais passarão. Daquele dia e hora, porém, ninguém sabe, nem os anjos do céu, nem o Filho, senão só o Pai. Pois como foi dito nos dias de Noé, assim será também a vinda do Filho do homem."

Se Jesus é Deus encarnado, ele não deveria saber o dia e a hora do seu retorno? Afinal, Deus sabe todas as coisas. Logo, se Jesus não sabe todas as coisas, Ele não pode ser Deus.

Essa objeção é geralmente levantada pelas Testemunhas de Jeová, mas também é levantada pelos Cristadelfianos. É uma boa pergunta.

Jesus era, ao mesmo tempo, Deus e homem. Ele tinha duas naturezas. Ele era divino e humano ao mesmo tempo. Esse ensinamento é conhecido como 'união hipostática'; ou seja; a união de duas naturezas em um corpo. Em Hebreus 2:9, lemos que Jesus "... foi feito um pouco menor que os anjos...". Além disso, em Filipenses 2:5-8, lemos que Ele "..esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, tornando-se semelhante aos homens...". Em Colossenses 2:9 lemos: "porque nele habita corporalmente toda a plenitude da divindade...". Jesus era ao mesmo tempo Deus e homem.

Como homem, Jesus era limitado pelas limitações de um homem. É por isso que temos versículos como Lucas 2:52, "E crescia Jesus em sabedoria, em estatura e em graça diante de Deus e dos homens." Logo, nesse momento do seu ministério, Jesus podia dizer que ele não sabia nem o dia nem a hora do seu retorno. Ele não está negando ser Deus, está confirmando que é homem.

Além disso, o argumento que diz que Jesus não podia ser Deus porque Ele não sabia todas as coisas funciona para os dois lados. Se conseguissimos encontrar nas escrituras um versículo que diz que Jesus sabia de todas as coisas, isso provaria que Ele era Deus, não provaria?

"Perguntou-lhe terceira vez: Simão, filho de João, amas-me? Entristeceu-se Pedro por lhe ter perguntado pela terceira vez: Amas- me? E respondeu-lhe: Senhor, tu sabes todas as coisas; tu sabes que te amo. Disse-lhe Jesus: Apascenta as minhas ovelhas," (João 21:17).

Jesus não corrigiu Pedro e disse "Calma ai Pedro, eu não sei todas as coisas." Ele deixou essa declaração de Pedro passar (que ele sabia todas as coisas).  Logo, essa declaração tem que ser verdade.

Porém, se temos um versículo que diz que Jesus sabia todas as coisas, e um outro que diz que ele não sabia todas as coisas, isso não é uma contradição? Não, não é.

Ants da crucificação e ressurreição, ele havia dito que somente o Pai sabia o dia e a hora do Seu retorno. Somente depois da sua crucificação que foi atribuída a Jesus a sua onisciência. Como eu disse antes, Jesus se deixou limitar pelas limitações de um ser humano, e completou o seu ministério nessa terra. Então, ele foi glorificado em sua ressurreição. Sim, Ele ainda era um homem (vide Colossenses 2:9; 1 Timóteo 2:5). Depois da ressurreição de Jesus, Ele era capaz de aparecer e desaparecer de acordo com a Sua vontade. Isso não é uma habilidade normal de um homem. Mas é, aparentemente, a habilidade normal de um homem ressurreto e glorificado. Jesus mudou, depois da ressurreição. Ele ainda era um homem, e Ele sabia todas as coisas.

 

 

 

 
 
CARM ison