Perguntas às Testemunhas de Jeová

Por- Matt Slick – Tradução e adaptação David Brito

  1.  A organização Torre de Vigília alega ser o profeta de Deus

 No entanto, fez inúmeras profecias falsas. A desculpa dada para suas falsas profecias tem sido a de citar Provérbios 04:18, que diz: "Mas o caminho dos justos é como a luz clara que clareia mais e mais até o dia estar firmemente estabelecida." Independente se a "luz fica mais brilhante" ou não, não muda o fato de que a Torre de Vigia fez falsas profecias. A Bíblia diz em Deut. 18: 20-22: " Porém o profeta que tiver a presunção de falar alguma palavra em meu nome, que eu não lhe tenha mandado falar, ou o que falar em nome de outros deuses, esse profeta morrerá.  E, se disseres no teu coração: Como conhecerei a palavra que o SENHOR não falou? Quando o profeta falar em nome do SENHOR, e essa palavra não se cumprir, nem suceder assim; esta é palavra que o SENHOR não falou; com soberba a falou aquele profeta; não tenhas temor dele. "...

  1.  Se a Tradução do Novo Mundo (TNM) condena falsas profecias e afirma que é a prova de que Deus não está falando através desse profeta, então não esta dando provas de que a Watchtower Bible & Tract Society não está falando em nome de Deus?.
  2.  Por que a TNM inseriu a palavra Jeová no Novo Testamento, quando não há absolutamente nenhum manuscrito grego que tenha este registro?

“Em San Diego, Califórnia, há um pedaço pequeno de terra no qual, no ano 1929, foi construída uma casa que é chamada e conhecida como Beth Sarim. As palavras hebraicas Beth Sarim significam “Casa dos Príncipes” e o propósito de adquirir esta propriedade e construir a casa era uma prova tangível que havia pessoas na terra hoje que acreditam plenamente em Deus e Cristo Jesus e no seu reino, e que acreditam que os homens fiéis serão ressuscitados em breve pelo Senhor, e regressarão à terra, e se encarregarão dos negócios visíveis da terra ”( Salvação, Rutherfor, pagina 311)     Com a casa agora construída, não havia nada que fazer senão esperar. E eles esperaram, até 1942.

 

Rutherford escreveu o último livro da sua vida, mencionando novamente Beth-Sarim e Abraão. Ele escreveu, “esses homens fieis podem ser esperados de volta mais dia menos dia. As Escrituras dão boas razões para acreditar que isto deve acontecer em breve, pouco antes do Armagedom começar”.

“Com a expectativa a casa em San Diego, Califórnia ganhou muita publicidade pela ação maliciosa do inimigo, a qual foi construída, em 1930, e nomeada “Beth-Sarim” significando “Casa dos Príncipes” e é agora guardada a confiança da ocupação por esses príncipes no seu retorno” (The New World, pág. 104).

Note que Rutherford disse que foi “guardada a confiança”. De fato, a ação tem vários pontos muito interessantes. Explica, que o reino de Deus terá os representantes visíveis na terra, os quais tocarão os negócios das nações sob a supervisão do governante, Cristo invisível, e que os representantes fiéis e os governadores visíveis o mundo serão Davi, Israel, Gideão, Sansão, José, Samuel o profeta e outros homens fieis que foram nomeados com aprovação na Bíblia em Hebreus 11.”

“A condição aqui é que a Torre de Vigia Bíblias e Tratados terá perpetuamente o título de confiança para o uso de qualquer ou todos os homens como representantes do reino de Deus na terra, e tais homens possuirão e usarão as propriedades descritas como eles quiserem para o melhor interesse pelo trabalho no qual eles são comprometidos”.

Porém, havia uma cláusula condicional colocada na ação. Até Davi, Abraão ou outro chegar, “Joseph F. Rutherford terá o direito e privilégio de residir na dita “casa” até a mesma ser tomada na chegada de Davi ou alguns dos outros homens citados, e esta propriedade é dedicadas a Jehovah para o uso do Seu reino, e será usada como tal para sempre” (ação datou de 24 de dezembro de 1929). 

Obviamente, ninguém de hebreus 11 chegou para ocupar Beth-Sarim. Como resultado, Rutherford passou os últimos anos da vida dele nesta mansão bonita enquanto seus seguidores sofreram em pobreza durante a Grande Depressão dos anos 30. Mais adiante, alguns anos depois da morte de Rutherford, Beth-Sarim era vendida. Em 1948 esta casa estava vendida, e o ensinando relativo ao “retorno dos antigos” foi quietamente abafado em 1950 (Millions Now Living Will Never Die: A Study of Jehovah’s Witnesses, Alan Rogerson, p. 48).  Como você que é testemunha de Jeová se sente com relação a esta falsa profecia?                                                  

  1. A Sentinela afirma que Jesus morreu numa estaca e não numa cruz. A representação típica disso é com Jesus em uma única estaca vertical - as mãos sobre a sua cabeça com um único prego em seus pulsos. Se Jesus foi crucificado numa cruz, então seriam necessários dois pregos, um em cada mão. Como, então, a organização Torre de Vigia lida com o versículo da Bíblia que afirma que Jesus tinha pregos (plural) em suas mãos: “Disseram-lhe, pois, os outros discípulos: Vimos o Senhor. Mas ele disse-lhes: Se eu não vir o sinal dos cravos em suas mãos, e não puser o dedo no lugar dos cravos, e não puser a minha mão no seu lado, de maneira nenhuma o crerei.”[João 20:25] Jesus tinha um prego em cada mão. Isso fica claro pela utilização da palavra 'pregos' não 'prego'. Jesus deve ter sido crucificado em uma cruz e não em uma estaca como a organização Torre de Vigia ensina. Por que é, então, que a Torre de Vigia ensina algo que é tão claramente antibíblico?
  2.  A Torre de Vigília afirma que através de boas obras e esforços sinceros apenas uma elite de  144.000 irão para o céu. Os 144.000 são mencionados em dois capítulos na Bíblia: Apocalipse 7 e 14. Ao olhar para os versos, é óbvio que os 144.000 são judeus literais das antigas tribos, sem gentios entre eles (7: 4-8). Eles são todos do sexo masculino (14: 4) e virgens (14: 4). Se os TJs afirmam que o uso de homens judeus virgens é figurativo, o que lhes dá o direito de afirmar que o número de 144.000 é literal?
  3. Onde nas escrituras está afirmando que Jesus é o arcanjo Miguel?...E por qual razão ele hoje não é chamado de Miguel ao invés de Jesus, uma vez que ele agora está no céu?
  4. Pergunta. Deve o TJ obedecer as leis de Deus, a fim de ter seus pecados perdoados para que ele possa ir para o paraíso na Terra? 

 

 

 
 

About The Author

Matt Slick is the President and Founder of the Christian Apologetics and Research Ministry.