Pode o Pai ser visto?

Por Matt Slick- Tradução e adaptação- David Brito – carmbrasil@gmail.com

Uma das reivindicações mais importantes da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (Mórmons) é que Deus o Pai e Deus o Filho apareceram a Joseph Smith, o fundador "profeta" de sua religião, a fim de restaurar o verdadeiro evangelho para o mundo. A religião Mórmon repousa sobre essa afirmação, bem como outras (validade do Livro de Mórmon, do sacerdócio restaurado, etc). Se Smith não estava dizendo a verdade sobre o encontro com o Pai, então o mormonismo é provado falso.

Ainda assim, Smith alegou ter realmente visto a pessoa de Deus Pai. Vamos ler  suas próprias palavras:

"Quando a luz pousou sobre mim, vi dois Personagens cujo esplendor e glória estavam acima de qualquer descrição, pairando acima de mim no ar. Um deles falou-me, chamando-me pelo nome, e disse, apontando para o outro - "este é o meu Filho amado. Ouça-o!'1

Em meio a muitos temas controversos que o mormonismo ensina 2 (Deus já foi um homem, 2 Deus é casado, 3 a deusa-mãe, 4-Se tornando um deus,5 etc.), este ensino é igualmente problemático, pois a Bíblia nos diz claramente que Deus Pai não pode ser visto.
" 13 Mando-te diante de Deus, que todas as coisas vivifica, e de Cristo Jesus, que diante de Pôncio Pilatos deu o testemunho de boa confissão, 14 Que guardes este mandamento sem mácula e repreensão, até à aparição de nosso Senhor Jesus Cristo; 15 A qual a seu tempo mostrará o bem-aventurado, e único poderoso SENHOR, Rei dos reis e Senhor dos senhores; 16 Aquele que tem, ele só, a imortalidade, e habita na luz inacessível; a quem nenhum dos homens viu nem pode ver, ao qual seja honra e poder sempiterno. Amém. " (1 Tim. 6:13-16,JFA)

Vamos examinar este texto de perto, porque se ele nos diz que o Pai não pode ser visto, então Joseph Smith, o fundador do Mormonismo, contradisse a Bíblia, e Smith não estava dizendo a verdade. Isso significa que o Mormon ficaria com uma escolha: acreditar na palavra de Deus ou acreditar em Joseph Smith. Vamos examinar 1 Tim. 6:16 no seu contexto.

Os versículos 13 e 14 estão falando sobre como Deus dá a vida a todas as coisas e como Jesus foi um testemunho da verdade diante de Pôncio Pilatos. Paulo também exorta Timóteo a cumprir o mandamento, o evangelho como um todo, sem mancha, até que Jesus volte. No versículo 15 diz:


"que a seu tempo vos mostrará, que é o bendito e único Soberano, o Rei dos reis e Senhor dos senhores." A questão aqui é: quem é o "ele" em "seu tempo ele vos mostrará"? Quem é o único Soberano, o Rei dos reis e Senhor dos senhores, que é referido no versículo 16, de quem se diz "nenhum dos homens viu nem pode ver"? O contexto é lidar com o retorno de Cristo e com Deus; e uma vez que, biblicamente, Deus está associado com o Pai, o Filho, e o Espírito Santo, deve ser um desses que não pode ser visto. Vamos continuar.
O versículo 16 diz que "o único que possui a imortalidade, e habita na luz  inacessível; A quem nenhum dos homens viu nem pode ver, ao qual seja honra e poder sempiterno Amen.". Quem é esse que está sendo falado nas primeiras palavras deste versículo, "o único que possui imortalidade"? O versículo diz que esta "figura" - esta "pessoa" - não foi visto nem pode ser visto.

Sabemos que obviamente Jesus era visto, já que as pessoas andavam com ele. Portanto, não pode ser o Filho, que está sendo falado aqui. O Espírito Santo aparece como vento (João 3:5); Fogo (Atos 2:3), uma pomba, (Mt. 3:16), etc., mas nunca na forma de uma pessoa. Assim, o único que sobrou seria a pessoa do Pai. Portanto, o texto exige que ele é o Pai que não foi visto nem pode ser visto.

Conclusão

Uma vez que temos verificado que as Escrituras ensinam que Deus Pai não pode ser visto, devemos então concluir que Joseph Smith não estava dizendo a verdade sobre a primeira visão. Isso significa que o relato de Joseph Smith da primeira visão é errada; e desde a primeira visão é fundamental no Mormonismo, sem ele, o mormonismo pode não ser verdade.

Objeções respondidas.

Objeção 1: Deus foi visto no antigo Testamento.

Esta é uma resposta típica de mórmons –

Dizem que, como Deus foi visto no Antigo Testamento. este seria o Pai que foi visto, e portanto 1 Tm 6:16 não está restringindo a aparição do Pai

Em primeiro lugar, a posição do Mormonismo imporia uma contradição na Bíblia. Além disso,  os mórmons devem afirmar que há uma contradição na Bíblia, a fim de manter a sua teologia, então eles estão atacando a Palavra de Deus como Satanás fez:

" ORA, a serpente era mais astuta que todas as alimárias do campo que o SENHOR Deus tinha feito. E esta disse à mulher: É assim que Deus disse: Não comereis de toda a árvore do jardim?”(Gn. 3:1).

Em segundo lugar, apesar de haver ocorrências de Deus ser visto no Antigo Testamento, estas não são manifestações do Pai. Elas são as aparições do Cristo pré-encarnado. Vamos verificar alguns dos versos.

  • Gen. 17:1, "Sendo, pois, Abrão da idade de noventa e nove anos, apareceu o SENHOR a Abrão, e disse-lhe: Eu sou o Deus Todo-Poderoso, anda em minha presença e sê perfeito”.
  • Gen. 18:1, “DEPOIS apareceu-lhe o SENHOR nos carvalhais de Manre, estando ele assentado à porta da tenda, no calor do dia”.
  • Ex. 6:2-3, “Falou mais Deus a Moisés, e disse: Eu sou o SENHOR.  E eu apareci a Abraão, a Isaque, e a Jacó, como o Deus Todo-Poderoso; mas pelo meu nome, o SENHOR, não lhes fui perfeitamente conhecido”. 
  • Êxodo 24:9-11, " E subiram Moisés e Arão, Nadabe e Abiú, e setenta dos anciãos de Israel. E viram o Deus de Israel, e debaixo de seus pés havia como que uma pavimentação de pedra de safira, que se parecia com o céu na sua claridade.  Porém não estendeu a sua mão sobre os escolhidos dos filhos de Israel, mas viram a Deus, e comeram e beberam.."
  • Êxodo 33:11, E falava o SENHOR a Moisés face a face, como qualquer fala com o seu amigo; depois tornava-se ao arraial; mas o seu servidor, o jovem Josué, filho de Num, nunca se apartava do meio da tenda"
  • Num. 12:6-8, " E disse: Ouvi agora as minhas palavras; se entre vós houver profeta, eu, o SENHOR, em visão a ele me farei conhecer, ou em sonhos falarei com ele.  Não é assim com o meu servo Moisés que é fiel em toda a minha casa.  Boca a boca falo com ele, claramente e não por enigmas; pois ele vê a semelhança do SENHOR; por que, pois, não tivestes temor de falar contra o meu servo, contra Moisés? "

Agora, vamos dar uma olhada em  João 1:18 e  João 6:46

  • João 1:18, " Deus nunca foi visto por alguém. O Filho unigênito, que está no seio do Pai, esse o revelou."
  • João 6:46, " Não que alguém visse ao Pai, a não ser aquele que é de Deus; este tem visto ao Pai."

Se Deus é uma Trindade (um Deus em três pessoas - e não três deuses), então não é um problema, porque em João capítulo um, João escreve sobre a Palavra (Jesus) e Deus (o Pai). No versículo 14 ele diz que o Verbo se fez carne. No versículo 18 ele diz que ninguém jamais viu a Deus. Uma vez que Jesus é o Verbo, Deus, então, refere-se ao Deus Pai.

Isso se torna mais claro quando examinamos as palavras de Jesus em João 6:46, onde ele disse que ninguém jamais viu o Pai, senão aquele que é de Deus. Portanto, Deus Todo-Poderoso foi visto no Antigo Testamento; mas não era o pai. Foi Jesus antes de Sua encarnação. Para uma mais em profundidade artigo sobre este veja o estudo sobre A pluralidade

Objeção 2: O texto de 1 Tim. 6:16 foi corrompido.

Absolutamente não existe nenhuma variação textual em 1 Tim. 6:16 em qualquer cópia dos documentos do Novo Testamento que contêm este versículo. Portanto, não se pode dizer que o texto tenha sido alterado de alguma forma. Para a verificação deste fato, tudo o que você precisa fazer é ir para a Nestlé-Aland grego do Novo Testamento (edição 26). Você não precisa ler grego para ser capaz de entender o aparato textual que ocorre na parte inferior de cada página.Não existem variações de qualquer cópia deste texto. Portanto, o versículo é preciso..

 

  • 1. Berrett, William, The Restored Church, 14th edition, Deseret Book Company, 1969, p. 10.
  • 2. Teachings of the Prophet Joseph Smith, p. 345; Times and Seasons, vol. 5, p. 613-614; Orson Pratt, Journal of Discourses, vol. 2, p. 345, Brigham Young, Journal of Discourses, vol. 7, p. 333.
  • 3. Mormon Doctrine, p. 516.
  • 4. Talmage, James, Articles of Faith, p. 443.
  • 5. Teachings of the Prophet Joseph Smith, p. 345-347, 354.

 

 

 
 

About The Author

Matt Slick is the President and Founder of the Christian Apologetics and Research Ministry.