Maria pode ouvir as nossas orações?

Por Matt Slick – Tradução e adaptação David Brito – carmbrasil@gmail.com

 

Não há nada na Bíblia que diz que Maria pode ouvir simultaneamente as orações de pessoas de todo o mundo, em diferentes línguas, e lugares, este atributo somente Deus possui. Mas a Igreja Católica afirma que ela pode.

"Que a abençoada Maria possa ouvir todas as nossas orações” (Mensagem de João Paulo II, lido por Mons. Francesco Marchisano, Gruta de Nossa Senhora de Lourdes, nos Jardins Vaticanos, sábado 31 de maio, 2003).

Os católicos romanos de todo o mundo oferecem orações a Maria em uma base regular e esperaram que ela possa ouvi-los e interceder por eles junto a Deus e Jesus. Isso é lamentável, porque não é bíblico. Eles têm ido além das Escrituras. Eles precisam se arrepender e se voltar para Jesus, não Maria. Mas este grande arrependimento não vai acontecer enquanto a Igreja Católica Romana colocar a sua própria autoridade e tradição acima das Escrituras, um grande erro que os levou em direção para muitos ensinamentos falsos.

Revelação 5:8

Uma das principais passagens que a ICAR (Igreja Católica Romana) se utiliza para embasar as orações a Maria encontrasse em  Revelação 5:8. Vamos ver esta passagem em algumas traduções.

King James, "E assim que o recebeu, os quarto seres viventes e os vinte e quarto anciãos prostraram-se diante do Cordeiro. Cada um deles tinha uma harpa e taças de ouro cheias de incense, que são as orações dos santos," (Revelação 5:8).

ACF, "E, havendo tomado o livro, os quatro animais e os vinte e quatro anciãos prostraram-se diante do Cordeiro, tendo todos eles harpas e salvas de ouro cheias de incenso, que são as orações dos santos." (Revelation 5:8).

CNBB (Site católico), "Quando ele recebeu o livro, os quatro Seres vivos e os vinte e quatro Anciãos prostraram-se diante do Cordeiro. Todos tinham harpas e taças de ouro cheias de incenso, que são as orações dos santos," (Revelação 5:8).

Ave Maria (site Católico) Quando recebeu o livro, os quatro Animais e os vinte e quatro Anciãos prostraram-se diante do Cordeiro, tendo cada um uma cítara e taças de ouro cheias de perfume (que são as orações dos santos).

  • Nada nesse versículo diz que alguém possa escutar as orações dos santos. É um contexto figurativo e não é explícito. Então, o que os comentaristas bíblicos dizem sobre este versículo?
  • " As orações dos santos estão de acordo  com aqueles de 6:9-11 e 8:4 a seguir Que apelam para a vingança divina dos crentes martirizados e que ambos são diretamente ligados ao julgamento dos ímpios."2
  • "As orações dos santos, como o anjo oferece as suas orações? (Ap 8: 3) com incenso (compare Salmo 141: 2). Isso não dá a mínima sugestão ao dogma da  oração aos santos de Roma. Apesar de ser empregado por Deus, de alguma forma desconhecida para nós para apresentar nossas orações (nada é dito sobre sua interseção por nós), mas somos instruídos a orar somente a Ele (Ap 19:10). Seu próprio emprego é o louvor (onde todos têm harpas): a nossa é a oração ".3
  • "A preciosidade de todas as orações dos crentes (as orações dos santos; 8: 3) para o Senhor é enfatizado como enchendo taças de ouro na presença de Deus" 4
  • "Isso não significa que os cristãos na Terra podem acessar os crentes agora no céu. É um lembrete simbólico de que Deus se lembra das orações do seu povo" 5

É claro que esses são comentários de teólogos protestantes. Os católicos vão interpretar como oração em favor de Maria ser capaz de ouvir as nossas orações. Mas, novamente, o que o texto realmente diz? Que eles ouvem as orações? Não, não diz. Os santos no céu oferecendo as orações não significa que eles podem ouvir as orações do povo na terra. A Igreja Católica Romana simplesmente formou uma doutrina neste texto.

Agora, mesmo se fosse possível que este versículo pudesse ser interpretado como significando que os santos no céu podem ouvir as orações dos cristãos, que eu afirmo não ser legítimo, ainda assim, não significa que Maria pode ouvir as orações de pessoas de todo o mundo, ao mesmo tempo, ambos, pensamento e falada, e em diferentes línguas. Desde que Apocalipse 5: 8 não nos diz exatamente o que está acontecendo, a Igreja Católica Romana ao fazer a leitura de que Maria pode ouvir nossas orações, está excedendo o que está escrito (1 Coríntios 4: 6) e violam a verdade bíblica. No entanto, vamos dar uma olhada no que catholic.com diz sobre esse versículo.

"Como a Escritura indica, os que estão nos céus estão cientes das orações daqueles na terra. Isto pode ser visto, por exemplo, em Apocalipse 5: ".Taças de ouro cheias de incenso, que são as orações dos santos" 8, onde João descreve os santos no céu oferecendo nossas orações a Deus, Mas se os santos no céu estão oferecendo nossas orações a Deus, então eles devem estar cientes de nossas orações. Eles estão conscientes de nossas petições e as apresentam a Deus, intercedendo por nós." 6

Se as pessoas no céu estão cientes das orações, O  texto não diz como eles estão cientes. Estou ciente de que meus amigos oram a Deus, mas eu não sei o que eles estão falando nessas orações, a menos que eles me falem. Eu não posso ler a mente das pessoas, nem quero ouvir as orações que eles estão fazendo a Deus a menos que eu esteja fisicamente presente com eles e eles estejam falando em voz alta. Assim, a Igreja Católica Romana está fazendo um contorcionismo teológico com o verso para ir além de sua intenção o tornando ilógico. Os católicos estão cometendo o erro interpretativo chamado eisexege

Mas no Céu é Diferente!

Católicos Romanos dizem que o Céu não é como aqui na terra e que nós não sabemos o que Maria pode e não pode fazer no céu, portanto, eles dizem, por que ela não poderia ouvir nossas orações e respondê-las?. Mas esse é um argumento do silêncio. Não devemos argumentar sobre o que nós não sabemos. Devemos discutir o que sabemos. Para argumentar a partir do que não sabemos abre a porta larga para dizer qualquer coisa. Por exemplo, a Bíblia não diz nada sobre a vida em outros planetas. Portanto, devemos concluir que há vida em outros planetas? Claro que não! É por isso que a Bíblia nos ensina não exceder o que está escrito (1 Coríntios 4: 6). Ele define as Escrituras como o guia que não deve ser excedido. Nossa admoestação da Escritura é usar a Palavra de Deus como o banquinho sobre a qual construímos nossas verdades, e não sob a ignorância do que o Céu pode ser e, em seguida, usá-lo para justificar um ensinamento sobre Maria que não Têm suporte bíblico algum.

Mas, e os outros santos?

Muitas vezes ouvimos como Maria pode ouvir as nossas orações e até mesmo respondê-las. Os católicos dizem-me que outros santos podem ouvir as orações também. Eles também podem ouvir as orações em línguas diferentes, tanto pensamento e falado, tudo ao mesmo tempo e de todo o planeta? Se eles podem, por isso o foco em Maria? Além disso, todos os chamados santos católicos romanos são criaturas. Eles foram criados por Deus, que é infinitamente maior do que a eles. Por que ir a Santos e rezar com eles quando Jesus disse a buscá-Lo (João 14:14, Mateus 11:28) e que somente Ele era um caminho para o Pai (João 14: 6)? Jesus não é o suficiente? Não é Deus uma Trindade suficiente? É claro que Deus é suficiente. . .a não ser que você tire os olhos de Deus e os coloque na tradição católica.


  • 1.http://www.vatican.va/archive/ENG0839/__P12O.HTM
  • 2.Beale, G. K. The Book of Revelation: A Commentary on the Greek Text. New International Greek Testament Commentary. Grand Rapids, MI, Carlisle, Cumbria: W. B. Eerdmans, Paternoster Press, 1999.
  • 3.Jamieson, Robert, A. R. Fausset, and David Brown. Commentary Critical and Explanatory on the Whole Bible. Oak Harbor, WA: Logos Research Systems, Inc., 1997.
  • 4.Cabal, Ted, Chad Owen Brand, E. Ray Clendenen, Paul Copan, J. P. Moreland, and Doug Powell. The Apologetics Study Bible: Real Questions, Straight Answers, Stronger Faith. Nashville, TN: Holman Bible Publishers, 2007.
  • 5.Wiersbe, Warren W. Wiersbe’s Expository Outlines on the New Testament. Wheaton, IL: Victor Books, 1992.
  • 6.http://www.catholic.com/tracts/praying-to-the-saints

 

 
 

About The Author

Matt Slick is the President and Founder of the Christian Apologetics and Research Ministry.