Por que o ano de 1914 é tão importante para as Testemunhas de Jeová?

Por- Mike Felker
Editado por- Matt Slick- traduzido por  David Brito

 

A doutrina da Torre de Vigia com relação ao ano de 1914 é uma das doutrinas mais importantes para esta organização, ainda que frágil, as Testemunhas de Jeová insistem em se segurar nela. Por esta razão é fundamental, não só para salientar a importância desta doutrina para as Testemunhas de Jeová, mas também para apontar graciosamente seus erros. Se uma Testemunha de Jeová começa a questionar uma doutrina tão importante como a de 1914, poderá  levar ao questionamento de outros importantes ensinamentos da Torre de Vigia.

Segue importantes declarações feitas pela a Sentinela com relação ao ano de 1914

“Deixem as pessoas de reto coração comparar a pregação do reino de Deus feita pelos mais diversos grupos religiosos durante as centenas de anos de atividade com a pregação do evangelho, com a pregação do Reino feito pelas Testemunhas de Jeová desde o fim da segunda guerra mundial em 1918. A pregação das testemunhas do reino são verdadeiramente boas novas e evangelho do reino celestial de Deus, que foi estabelecido pela entronização de seu Filho Jesus Cristo no fim dos Tempos dos Gentios em 1914.”1

Note-se que a data de 1914 está incluída no "evangelho" das Testemunhas de Jeová. Embora a ênfase seja sobre o estabelecimento do reino e a entronização de Jesus Cristo, a data de 1914 não pode ser ignorada. Se Jesus não foi entronizado em 1914, quando do estabelecimento do reino celestial de Deus, então, quando poderia estes eventos ocorrer? Acontece que esta data é  parte integrante da doutrina do reino de Deus com a entronização de Jesus Cristo que segundo eles ocorreu em 1914.

 “De todas as religiões do planeta, as Testemunhas de Jeová são os únicos que hoje estão dizendo as pessoas da terra esta "boa notícia.”2

O que a "boa notícia" das Testemunhas de Jeová inclui? Tal como indicado acima é a data de 1914. As Testemunhas de Jeová se orgulham de seus esforços de evangelismo em afirmar que nenhuma outra religião chega perto do que eles ensinam e realizam. No entanto, eles acrescentam essa data para a sua mensagem. Por quê?

“Que coisa essencial foi agora adicionada à boa nova do Reino de Deus que Jesus Cristo e seus apóstolos apaixonados costumavam pregar 1.900 anos atrás? Este, ou seja, o nascimento do reino messiânico de Deus nos céus no final dos Tempos dos Gentios em 1914”. 3

Esta citação mostra que o "evangelho" das Testemunhas de Jeová não é apenas diferente dos cristãos evangélicos, mas também diferente do que Jesus Cristo e os apóstolos ensinaram. A Torre de Vigia está pregando outro evangelho, bem diferente das escrituras. Considere o que o apóstolo Paulo tem a dizer sobre o "evangelho diferente",

Estou admirado de que tão depressa estejais desertando daquele que vos chamou na graça de Cristo, para outro evangelho, o qual não é outro; senão que há alguns que vos perturbam e querem perverter o evangelho de Cristo. Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos pregasse outro evangelho além do que já vos pregamos, seja anátema.  Como antes temos dito, assim agora novamente o digo: Se alguém vos pregar outro evangelho além do que já recebestes, seja anátema.” (Gálatas1:6-9)

Ainda que as Testemunhas de Jeová não queiram admitir que preguem "Outro evangelho", ele certamente não é o mesmo evangelho que a Bíblia declara. Pois a adição de um sistema de cronologia especulativo do evangelho não poderia ser outra coisa senão outro evangelho!

“Para se ter uma associação aprovada com as Testemunhas de Jeová  se requer aceitação de toda a gama dos verdadeiros ensinamentos da Bíblia, incluindo as crenças bíblicas que são exclusivos das Testemunhas de Jeová. O que tais crenças incluem? ... Que 1914 marcou o fim dos Tempos dos Gentios e o estabelecimento do Reino de Deus nos céus, bem como o tempo para a presença anunciada de Cristo.” 4

Alguns podem não estar cientes de que as Testemunhas de Jeová acreditam que uma pessoa deve adorar a Jeová em associação com a Watchtower Bible and Tract Society{Associação de bíblias e tratados da torre de Vigília}, a fim de ser salvo. Portanto, se alguém não está na "associação aprovada", então ele não é salvo. Assim, a aceitação ou rejeição de 1914 pode afetar a sua própria salvação. É importante salientar para as Testemunhas de Jeová que eles deveriam considerar se a igreja primitiva poderia ter tido qualquer coisa semelhante em mente, ou seja, a exigência de salvação que inclui cronologias especulativas complexas.

“Então clérigos da cristandade se recusam a tomar uma posição para o Reino de Jeová por Jesus Cristo. Por deixar de apoiá-lo, eles serão destruídos na "grande tribulação" que há de vir. Mas ao contrário deles, as Testemunhas de Jeová têm abandonado a Babilônia, a Grande, o império mundial da religião falsa, e estão pregando a mensagem do Reino em 203 terras. Este trabalho incomparável é uma característica marcante do "o sinal" provando que, em 1914, Jesus foi empossado como Rei celestial, para governar em meio a seus inimigos." 5

  • De acordo com a Torre de Vigia, o que está faltando na pregação da chamada "cristandade" que justificaria a destruição na grande tribulação? É a ausência de acreditar que 1914 foi a data em que Jesus "foi estabelecido pela entronização de seu filho Jesus Cristo." Ciente desta informação, ensine para uma Testemunha de Jeová que 1914 não tem qualquer  fundamento nas Escrituras, nem tem nada a ver com o evangelho ensinado por Jesus Cristo.

 

  • 1. (Lucas 21:24)  A Sentinela  5/1/81 p. 17 par. 3
  • 2. A Sentinela  5/1/82 p. 10 par. 8
  • 3. A sentinela  12/15/67 p. 753 par. 1
  • 4. A Sentinela  4/1/86 p. 31
  • 5. Mateus 24:3, 14, 21; Salmos 110:1, 2; Revelação18:1-5.” A Sentinela  9/1/85 p. 25 par. 15