Sumário do processo de Salvação no Catolicismo Romano

Por Matt Slick – Tradução e adaptação David Brito

 

Salvação no catolicismo romano é um processo. Para começar, Deus concede graça a uma pessoa que o capacita a crer em Cristo (*CIC 2000) e também acredita na verdade da Igreja Católica (CIC 1814).

Depois de crer, a pessoa deve ser batizada (o), pois sem o batismo não poderá ser salvo (CIC 1257).

 O batismo apaga os pecados originais (CIC 405), une a pessoa a Cristo (CIC 977), infunde a graça para na pessoa (CIC 1999), e concede justificação (CCC 1992, 2020). Depois do batismo, ele é salvo.

Mas, para manter a sua salvação, é necessário ele realizar boas obras (CIC 2010, 2068, 2080) e participar dos sacramentos (CIC 1129) que fornecem graça que é "própria de cada sacramento" (CIC 1129, 2003).

Isto é necessário de modo a manter a graça infundida (CIC 987, 1468).

No entanto, a graça pode ser diminuída por pecados veniais ou completamente perdida por pecados mortais.

Pecados veniais (CIC 1862) remove parte da graça infundida, mas não a graça salvadora conhecida como a graça santificante (CIC 1863).

Para remediar o problema dos pecados veniais todo católico deve participar da Eucaristia a qual a Igreja ensina que perdoa pecados veniais (CIC 1416).

Ele também deve executar várias penitências que devem ser feitas em conjunto com a perfeita contrição (CIC 1452).

 Mas existe um problema. Pecados exigem punição. Mesmo que os pecados foram absolvidos por um padre (CIC 1463, 1495), o castigo devido a uma pessoa por causa de seu pecado permanece.

Para lidar com essa punição restante, indulgências são administradas para lidar com a punição devido à culpa de seus pecados já perdoados (CIC 1471, 1498).

Essas indulgências apelam às "boas obras da Virgem Maria" (CIC 1477) e "de Cristo e dos santos" de modo a obter "a remissão da pena temporal devida pelos seus pecados" (CIC 1478).

 Além disso, as indulgências podem ser aplicadas a eles mesmos ou ao morto (CIC 1471) que estão no purgatório (CIC 1498).

Agora, no caso de um católico cometer um pecado mortal, então toda a sua graça infundida está perdida. Para recuperar a graça, ele deve participar de penitências especiais (CIC 980), pois isto o ajudará a recuperar a graça perdida (CIC 1468, 1496).

Para concluir, o católico romano deve ter fé, participar dos sacramentos, receber a Eucaristia, guardar os mandamentos, fazer penitência, e fazer indulgências a fim de alcançar, manter e recuperar a sua salvação, bem como reduzir o castigo devido a ele para os pecados dos quais ele já obteve perdão.

 

*Fonte:  CIC (Catecismo da Igreja Católica)

Para que você possa verificar cada afirmação que foi feita neste artigo, por favor, verifique o link abaixo, o qual será possível ver todo o Catecismo da Igreja Católica com todos os seus 2865 parágrafos.

http://www.catequisar.com.br/dw/catecismo.pdf

 

 

 
 

About The Author

Matt Slick is the President and Founder of the Christian Apologetics and Research Ministry.